Diário de Bordo

  • Berlim, 9 de julho de 2017

    Chegamos a Berlim às 20h20 e encontramos ainda um sol radioso. A viagem correu bem a apanhamos um táxi até ao hotel. Após o check-in no hotel caminhamos até à Potsdamer Platz onde apreciamos os seus imponentes edifícios. Finalmente saciamos a nossa gula com uns saborosos gelados no centro comercial Potsdamer Platz Arkaden.

     

    Berlim, 10 de julho de 2017

    Hoje o dia amanheceu cinzento. Após um bom pequeno-almoço no hotel e, como tínhamos a manhã livre, partimos à descoberta de Berlim. Subimos a Friedrichstrasse, uma das artérias mais movimentadas da cidade, passando pelo Checkpoint Charlie, que era o antigo posto de controlo aliado da zona americana e apreciamos as luxuosas lojas, entre as quais as Galerias Lafeyette. Percorremos a extensa rua até à avenida Unter den Linden que era a rua mais elegante do século XVIII e sinónimo da cidade que era então a capital da Prússia.

    Entretanto, caiu uma trovoada seguida de uma chuva intensa que, contudo, não nos demoveu da nossa aventura, pelo que prosseguimos o nosso passeio e apreciamos vários edifícios grandiosos, entre os quais o Deutches Historisches Museum, o Altes Museum, a catedral de Berlim e a St. Hedwigs Kathedrale que é da arquidiocese católica de Berlim e finalmente a universidade de Humboldt.

    Como já estávamos um pouco molhadas e aproximava-se a hora de almoço escolhemos uma patisserie próxima do local da formação.

    Um pouco antes das 14 horas dirigimo-nos para o centro de formação “Carl Duis Center” e aguardamos pelo seu início.

    O grupo é constituído por doze formandas de cinco nacionalidades: portuguesa, espanhola, italiana, estónia e croata e a formadora Sheila Corwin que é norte-americana e vive um Florença.

    Cada formanda apresentou-se ao grupo respondendo às questões previamente colocadas pela formadora. Seguidamente a formanda da Estónia fez uma apresentação do seu país.

    A seguir a formadora propôs um conjunto de atividades que permitiram uma interação do grupo, tendo como mote as qualidades de um professor bem sucedido. Posteriormente, partilhamos as nossas ideias sobre problemas e técnicas de gestão da sala de aula e finalmente refletimos sobre como estabelecer e reforçar regras junto dos alunos, tendo-nos sido sugeridas algumas estratégias com esse objetivo.

    Por fim, regressamos ao hotel tendo no caminho visitado a Topographie des Terrors que é um enorme centro de documentação construído sobre o local onde estavam localizadas três instituições nazis de perseguição e terror.

    Frase do dia:

    “ A wise teacher once said: If you don´t have a plan for your students, they will have a plan for you”.

     

    Berlim, 11 de julho de 2017

    Hoje o dia amanheceu solarengo. Depois do habitual pequeno-almoço fizemos uma caminhada de meia hora para nos encontrarmos com algumas colegas da formação, pois tínhamos combinado um tour em autocarro por Berlim. O ponto de encontro foi na Gendarmenmarket, uma praça de cariz renascentista italiana onde se encontram edifícios esplendorosos como por exemplo Konzerthaus, a Deutsher Dom e a Franzosischer Dom, catedrais alemã e francesa.

    Às 10 horas iniciamos o tour que percorreu os pontos turísticos mais importantes da cidade, tendo terminado às 12h30. Depois almoçamos uma deliciosa pasta num dos diversos restaurantes italianos existentes na cidade com as colegas da formação.

    Tal como no dia anterior, a formação iniciou-se às 14 horas. Após algumas informações iniciais fornecidas pela formadora exploramos a seguinte temática: técnicas de gestão da sala de aula - a importância de fornecer instruções claras, de monitorizar as aulas e de desenvolver relações interpessoais com os alunos. Para promover o debate que se seguiu visualizamos uns vídeos e realizamos algumas tarefas propostas pela formadora. Finalmente analisamos a importância do trabalho em pares e em pequenos grupos.

    Após uma curta pausa, duas colegas da Catalunha apresentaram o seu país e a sua escola seguindo-se uma colega da Croácia.

    Por fim, concluímos um trabalho que tínhamos iniciados no dia anterior sobre como lidar com alunos com problemas de comportamento.

    Hoje o dia de formação foi bastante intenso e enriquecedor pois fizemos diversas atividades em trabalho realizado individualmente, em pares e em pequenos grupos. A troca de experiências com professores de diferentes nacionalidades foi bastante profícua.

    Regressamos ao hotel ao final da tarde onde nos encontramos neste momento a refletir sobre este dia.

    Frase do dia:

     “I don´t need to entertain my students I need to engage them”.

     

    Berlim, 12 de julho de 2017

     

    O despertador tocou às 6 horas e 30 minutos pois tínhamos efetuado a reserva para visitar à cúpula do Reichstag, o parlamento alemão e, por isso, tomamos um pequeno-almoço apressado. Apanhamos o metro e após uma breve caminhada chegamos ao destino. Este edifício tornou-se o parlamento alemão em 1991 e após diversos concursos internacionais de arquitetura foram contruídos três fantásticos edifícios dos quais destacamos a fabulosa cúpula envidraçada e a vista deslumbrante sob Berlim.

    Entretanto visitamos o monumento de homenagem aos soldados soviéticos mortos no final de II Guerra Mundial em Berlim situada no interior do parque Tiergarten.

    Concluímos a nossa manhã com a visita ao Memorial do Holocausto onde encontramos três colegas da formação. Este local apresenta 2711 blocos de cimentos de diversos tamanhos assentes sob um chão ondulado que representam estelas funerárias dos judeus mortos. Visitamos ainda no mesmo local um museu subterrâneo que retrata todo o período de perseguição e assassínio dos judeus europeus com testemunhos, fotografias e cartas escritas pelos próprios e pelos sobreviventes.

    Após o almoço fomos para a formação. Como temas abordamos a motivação e as Flipped Classrooms.

    Iniciamos a tarde refletindo e trocando experiências sobre as estratégias que habitualmente utilizamos para motivar os nossos alunos. Em seguida, apresentamos os nossos pontos de vista sobre quais devem ser as funções do professor e do aluno num ensino centrado nos alunos.

    Depois de um curto intervalo apresentamos o país, o agrupamento e o sistema educativo português.

    Por fim assistimos a alguns vídeos sobre as Flipped Classrooms. Esta metodologia proporciona aquisição de conhecimentos/conteúdos fora da sala de aula e transporta posteriormente para esta atividades normalmente consideradas trabalho para casa. Neste modelo de ensino os alunos podem observar leituras, participar em discussões online ou efetuar pesquisas em casa e aplicar os conceitos apreendidos, na sala de aula, sob orientação do professor.

    Mais uma vez este dia de formação foi bastante enriquecedor pois para além de refletirmos e trocarmos experiências também apreendemos uma nova metodologia de ensino.

    Frase do dia:

    To be a guide on the side and not a sage on the stage.

     

    Berlim, 13 de julho de 2017

    Hoje ocupamos a nossa manhã com uma visita cultural ao Pergamonmuseum que é um dos museus de arte e arquitetura da antiguidade mais importantes do mundo. Este fica localizado na Museuminsel que é um dos mais belos e significantes complexos de museus do mundo, tendo sido classificado pela Unesco como Património Mundial.

    À tarde como habitual fomos para a formação. Os temas de hoje foram a avaliação, a utilização de portfolios e a construção de grelhas de avaliação. Relativamente à avaliação trocamos ideias acerca dos instrumentos que habitualmente utilizamos nas avaliações dos nossos alunos. A este propósito foi então abordada  a possibilidade de utilização de outras formas de avaliação como por exemplo portfolios e grelhas de avaliação. Como habitualmente trabalhamos em pares e individualmente sempre com bastante dinâmica.

    Seguiu-se a apresentação, sempre interessante, dos países, escolas e sistemas educativos pelas colegas italianas e espanholas, nomeadamente da Catalunha e de Castilla-La Mancha.

    No regresso a casa visitamos o Mall of Berlin onde assistimos a uma exibição de tango no átrio do centro comercial e atrevemo-nos a provar iguarias orientais.

               

    Berlim, 14 de julho de 2017

    Às 8 horas e 30 minutos fomos tomar o pequeno-almoço e a seguir apanhamos o táxi em direção à East Side Gallery que é um fragmento do muro de Berlim com cerca de 1300 metros de extensão pintado por cento e dezoito artistas de todo o mundo em 1990.

    Caminhamos até ao Holzmarkt que é um espaço de lazer e de espetáculos com diversas esplanadas edifícios coloridos e revestidos com diversos materiais situado junto ao rio. Nesse local tomamos um café e tiramos algumas fotografias na sua idílica paisagem.

    Seguimos em direção à Alexander Platz que é uma praça que se situa junto da antena de televisão, a construção mais alta de Berlim com 368 metros de altura, onde apreciamos uma exibição de patinagem artística ao ar livre.

    Às 14 horas iniciamos o último dia da nossa formação que hoje foi dedicado às apresentações individuais. A formadora começou por apresentar um vídeo com exemplos de boas e más formas de realizar uma apresentação em público.

    Em seguida cada formanda apresentou uma atividade/metodologia que utiliza nas suas aulas. Enquanto isso, as restantes preencheram uma grelha anónima com feedback sobre o que assistiram, tendo no final sido entregue a cada formanda e servirá como reflexão sobre a sua prática letiva. Consideramos que esta também poderá ser uma boa estratégia para auto-conhecimento dos alunos.

    Posteriormente, a formadora falou-nos dos seis tipos diferentes de feedback tendo seguidamente apresentado dois vídeos com exemplos de observação de aulas entre professores dando relevância à importância que poderá ter na melhoria da qualidade do ensino. Por fim, preenchemos um documento onde refletimos sobre os nossos pontos fortes e fracos enquanto professores.

    Finalmente, num momento alegre e descontraído, a formadora procedeu à entrega individual dos certificados. Como celebração da conclusão da formação fomos todas jantar a um restaurante italiano com a formadora.

    Frase do dia:

    We should all have our own vision and mission as teachers.

     

    Berlim, 15 de julho de 2017

    Neste dia fomos visitar Potsdam, uma cidade a cerca de 50 km de Berlim. Esta visita foi proporcionada pela instituição formadora a todo o grupo participante no curso.

    De manhã deslocámo-nos de comboio até à referida cidade onde efetuamos um tour. Dos locais visitados destacamos o Palácio Sanssouci que se situa no parque com o mesmo nome, rodeado de magníficos jardins com vinhas.

    Após almoçarmos numa das esplanadas da rua central da cidade demos um passeio pelo bairro holandês cujo nome se deve aos seus edifícios tipicamente holandeses.

    Finalmente regressamos a Berlim com a satisfação de um dia bem passado na companhia das nossas colegas da formação.

     

    Berlim, 16 de julho de 2017

    Hoje o dia foi de regresso a casa. Apanhamos o avião no aeroporto de Berlim às 10h40 e após uma escala em Manchester seguimos para o Porto, onde chegamos às 16h40.

    Berlim ficará na nossa memória não só pela fantástica cidade que tivemos oportunidade de conhecer mas também por todas as experiências que vivenciamos.

     

               

     

     

excelfiletwo-foldersframe-landscapegraphpaintpdf-file-format-symbolpicturepowerpointvideo-camerawordzip-compressed-file-format-interface-symbol
user